segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

Deus não sabe escrever romances

Temos alguns dias apenas
Depois ninguém sabe
Nem eu, nem você
Acho que nem Deus
O mesmo que acredito
ter escrito essa história toda errada
Para eu ser a pessoa mais idiota e errante

Das coisas que escrevi já lhe disse todas
Que fico na sua casa quando vou embora,
que o som da sua risada deveria tocar no rádio
e o cheiro nosso 
que fica nas suas cobertas é o meu preferido

Fico deitada, tocando em suas mãos
[já sentindo saudade]
No intuito de gravar cada sensação 
e relevo do seu corpo
Te faço poesia,
me fazendo abismo

Você vai acabar comigo
Eu vou acabar com você
Vamos criar buracos 
dentro de nós
e nomear com o nome um do outro
Vamos beber e vamos nos esquecer
[por algumas horas]

Você vai tocar aquelas músicas tristes 
no violão
e sem querer vai ser mais um 
que parte meu coração

Eu vou escrever profundidades nossas
e vou te magoar por estar tão distante

Vou seguir te escrevendo 
até quando você não tiver mais 
tempo
nem interesse
pelo que não cansarei de dizer:

Gosto tanto de você.

10 comentários:

  1. "Te faço poesia,
    me fazendo abismo"

    Tua sensibilidade e teu dom de descrever sentimentos humanos tão lindamente!

    ResponderExcluir
  2. Vou seguir te escrevendo até quando não tiver mais tempo nem interesse...booringggggggg

    ResponderExcluir
  3. Deus não sabe escrever romances, mas tu sabes bem, Hellen! Sempre dando um jeito de tocar meu coração.

    ResponderExcluir
  4. "Você vai tocar aquelas músicas tristes
    no violão
    e sem querer vai ser mais um
    que parte meu coração"

    Que lindo Helen. Sua poesia tem cheiro e sabor de saudade.

    ResponderExcluir
  5. Deus sabe fazer pessoas, e em uma delas ao visto acertou em cheio, esta da qual você não cansa. Um ótimo título!

    ResponderExcluir
  6. Hellen, esse amor é lindo. Acho que Deus sabe fazer romances, sim, só que as linhas são tortas...

    Bjooo'o

    ResponderExcluir
  7. Tu faz todo e qualquer amor ser lindo e lido, o romance é toda a lembrança repetida, você sabe, abra seus braços e seus traços para a poesia mais linda que você imaginar ao longo das canções que esse amor quiser cantar.
    Saudações.

    ResponderExcluir
  8. "Vou seguir te escrevendo
    até quando você não tiver mais
    tempo
    nem interesse
    pelo que não cansarei de dizer:

    Gosto tanto de você."

    Dizer nada, só admirar a paisagem. Pasmo diante de tanta lindeza.

    ResponderExcluir