segunda-feira, 9 de junho de 2014

Era bom não saber

Elefantes marchavam 
no meu estômago
Mas até hoje não soube 
se aquilo era paixão





















Ilustração: Diego Sanchez Más Saint Martin

6 comentários:

  1. Quando tem relação com sentimentos,sempre bom não saber,porque se der merda,podemos culpar os outros que "sabiam".

    ResponderExcluir
  2. Elefantes me parecem mais permanentes que borboletas.

    ResponderExcluir
  3. Provavelmente um elefante marchando no seu estômago, mesmo

    ResponderExcluir